domingo, 4 de janeiro de 2009

Tenho um amigo chamado Juninho.




Quando somos professores encontramos pessoas que nos marcam por vários motivos. Juninho é um desses casos.Aluno que virou amigo. Nem ele sabe que é meu amigo. Eu é que sou amiga dele porque este menino é uma daquelas pessoas que a gente não encontra sempre. É uma unanimidade entre os colegas em generosidade e compromisso com as suas verdades. (eu sei, toda a unanimidade é burra, seu Nelson, mas com a sua licença, vou discordar por ora.) Não entrega, não delata, não aponta. Num universo competitivo, não deu a menor bola para um grau maior, se para isto os outros teriam que ter graus menores. Não sei se a minha identificação com Juninho é pela falta de pudor com que nos expomos às causas coletivas, se é pelo uso do corpo como instrumento de identidade, esta gravada na pele, exposta nos adornos, no semblante, nos gestos e atitudes. Somos filhos do mesmo pai. E sabemos a responsabilidade disto. Além do mais, Juninho é grande. E impõe respeito, pois se respeita acima de tudo. O visual progressista pode ser polêmico, pois foge dos padrões culturais hegemônicos, onde subliminarmente lê-se: "sou da paz, mas se vc usar da sua condição para diminuir alguém..." e cá prá nós, é sempre bom termos amigos grandes, pois tem sempre um babaca burguês (notem, grifei o gênero) que acha que pode tudo e que tudo lhe pertence e que atravessa o nosso caminho. E e sempre útil para uma mulher ter um amigo grande e forte... Juninho é gente boa prá caramba. É pai. É um cara cuja mente esta sempre "brainstormizada". Inquieto com as misérias e com as injustiças. É um pesquisador nato. Ainda vou conseguir convencê-lo de que sua natureza alegre e criativa faz toda a diferença num universo pedagógico, carregado por desamores, mau-humores e desinteresse. É pau prá toda obra. Juninho Coração de Leão. Muitíssimo apropriado. Todos os significados subjacentes ao codinome conferem com com o original.


Um comentário:

Juninho Coração de Leão disse...

O que falar sobre tudo o que vc escreveu?
Nem tenho o que dizer,pois fiquei sem palavras...
Mas as poucas palavras que encontro são:
Me sinto honrado,na mesma proporção que me sinto grato pela consideração.
Agora que sei que tenho uma amiga chamada Denise,faço votos que nossa amizade seja também uma aliança para fazermos a diferença na vida de outras pessoas,tentando educá-las e aprendendo com elas.
Isso mesmo,vc me convenceu. Quero ser atuante no campo da educação,tanto quanto na pesquisa científica.Só ainda não sei como,mas o caminho vai se fazendo ao caminhar. Sua dedicação me inspirou,mais do que imagina.
Sempre aluno,agora amigo e companheiro de trincheira da guerra contra a ignorância intelectual.
Conte comigo,que minha dedicação está a sua disposição!!!
Com carinho e admiração,mais uma vez,obrigado!!!!